Challenge Pessoal

Galeria

Escrevi o título assim de propósito, mesmo assim obrigada English lovers

 

 

 

Não pensei em um nome melhor para a minha volta em escrever no blog, então vai esse mesmo. Deixando as desculpas de lado, vamos ao que interessa.

 

Tudo começou em uma noite solitária de nerdices na net, quando eu achei o maravilindo site da Melina Souza e, mas especificamente este post: Challenge One a Book a Month .

 

Era para ser um simples desafio de leitura, mas eu resolvi exagerar e uni-lo a uma ideia que tinha tido há uns dois dias antes e transformar em vários desafios explorando a maioria dos setores “defeituosos” da minha vida. Histórias, livros, filmes inacabados, má administração dos estudos, diversão zero, o que aumenta meus momentos depressivos.

 

Pensando no assunto as ideias foram surgindo, a lista de coisas a serem corrigidas também e a maior parte delas só depende de mim e não custa um centavo, o melhor disso tudo.

 

Resolvi desenvolver metas de pequeno, médio e longo prazo e colocar uma amiga de confiança, bests são pra isso, não é Pryh?, como supervisora ou um nome equivalente aquele ser que vai ficar pegando no seu pé para você fazer uma coisa que devia fazer por conta própria, a função ela inclui monitorar minha evolução e me falar os pontos fortes e fracos que às vezes de tão óbvio fica invisível, eu já disse que tenho dificuldade com coisas fáceis?

 

Aqui vai um resumo da ideia até o momento, pode ser que sofra mudanças sempre que necessário:

 

Primeiro pensei nas coisas que precisava colocar no lugar, uma delas meu amado e abandonado blog e com o challenge não terei desculpa de falta de assunto para postar.

 

Sinto falta de ler mais e do mais importante terminar os livros que comecei mas parei para começar outros e parei pra começar outros e assim criando um circulo vicioso.

 

Assim como os livros tenho doramas, animes [quando abro exceções], filmes e coisas “assistíveis” inacabados ou perdidos pelo meu HD esperando para serem assistidos, amados e odiados. Isso me lembra uma coisa, eu não faço resenha de livros, filmes e afins, acho que a opinião que se tem por essas coisas é 90% influenciada pelo que se viveu ou o que está vivendo o que deixa resenhas de certa forma falsa, o máximo que posso fazer é uma sinopse e informações básicas sobre o challenge em questão.

 

E uma das coisas inacabadas que mais me mata e a grande culpada é a minha preguiça criatividade que não me deixa terminar praticamente nada do que eu começo a escrever… vou resolver isso também.

 

Esse ano me propus a fazer a prova do JLPT então tenho que estudar mais japonês e por que não, efetivar minhas pesquisas sobre história e cultura (e planejar meu intercambio direito).

 

O pensamento voou e resolvi ir incorporando mais coisas como usar mais minha câmera fotográfica, a repaginação do meu quarto e do meu estilo próprio e qualquer outra coisa que vá me ajudar ainda pode vir a fazer parte disso tudo, como já disse antes.

 

Como deu para perceber são muitas coisas a serem feitas então a maneira mais fácil foi dividir em metas diárias, semanais, mensais e semestrais. E o mais importante, data de entrega: sábados com tolerância para domingo, os imprevistos existem para destruir nossas vidas.

 

Começando oficialmente amanhã, 1º de abril, (e não é pegadinha) até agora já tenho algumas coisas com certeza de serem feitas.

 

-Challenge Diário:

 

*Assistir um episódio de dorama/serie/anime por dia. Irei começar com o dorama que estou vendo agora: The King of Dramas.

 

*Tirar uma foto por dia. Pode ser de qualquer coisa e nem precisa ser bem focada, a meta inicial é desenvolver o hábito de não esquecer minha câmera que nem paguei esquecida em algum canto, com o tempo vou desenvolver meus dotes fotográficos, se eles existirem.

 

*Estudar japonês uma hora por dia. Eu já estou estudando quase todo dia, mas preciso melhorar isso se quiser tirar nota boa no JLPT. Nesse “estudar” está incluído tudo, desde ler matéria e praticar escrita, até assistir a algum vídeo em japonês para treinar o ouvido, tem dias que a cabeça não aguenta absorver mais informação e treinar o ouvido faz muita falta.

 

 

 

-Challenge Semanal:

 

*Escrever oneshot’s, poemas ou qualquer situação com um tema pré-definido. A escolha do tema é aleatória, pode ser coisas do cotidiano e tem de ser pré-aprovados pela Pryh. O dessa semana é vampiros, afinal enfim consegui ver o final da saga Crepúsculo (não vou falar minha opinião, sorry sorry) e me lembrei de uma ideia antiga de quando lia os livros, como o tema recebeu aprovação colocarei mãos a obra e sábado o entregarei pronto para começar o tema da segunda semana que também já foi escolhido: Hospital.

 

*Atualizar o blog. O assunto dos posts não importa, essa meta funciona como a meta da câmera, primeiro adquirir o hábito de pensar em coisas para escrever e me manter regular na escrita. Os temas pode ser desde os avanços no Challenge, ou alguma coisa que me deixou feliz ou revoltada no meio da semana, ou até minhas brisas malucas.

 

PS: o post do último fim de semana do mês sempre será sobre os resultados da Challenge e com as avaliações da Pryh.

 

*Assistir, pelo menos 1, filme. Tenho muitos filmes baixados e na “lista de espera”. E fins de semanas são ótimos para dar uma relaxada e assistir aquele filme maroto esquecido no HD. Essa semana verei: Kaiji. Aqui vou incluir documentários também já que, normalmente, são episódios únicos com duração de mais ou menos 1hora.

 

-Challenge Mensal:

 

*Terminar, pelo menos 1, livro inacabado. Eu tenho muitos livros inacabados, seja pela “síndrome de final”, não foi explicar o que é agora por que já é uma coisa que posso usar como tema para próximos post, quando o fizer já linko aqui, ou por algum interesse novo. A meta é pelo menos um, por que tem livros que parei no último capitulo, como livros que parei no começo ou na metade. Logo que terminar um livro imediatamente “começarei” outro o que pode fazer com que eu leia mais de um livro por mês e logo que a lista de livros inacabados terminar vou ler os livros novos. Estou lendo atualmente 1Q84 | Livro 1.

 

PS²: Essa regra também vale para os doramas/séries/filmes/animÊs.

 

*Terminar história inacabada. Eu sempre me empolgo quando surge uma ideia nova e vou desanimando pelo meio do caminho e grandes ideias ficam sem final, a cada mês quero colocar um ponto final em alguma história antiga minha, incluindo as longfics.

 

História do mês: Insane Love.

 

*Repaginada. Quero dar um Up tanto no meu visual quanto no quarto em que eu vivo. Não sei direito como fazer a evolução dessa meta, mas tudo começa com pesquisa e esse primeiro mês vai ser isso. Colecionar todo o tipo de coisas que dê inspiração para que eu possa fechar a ideia final. A apresentação do resultado vai ser uma montagem com coisas que exemplifiquem o que eu quero.

 

*Intercambio. Algumas pessoas sabem que eu estudo língua e cultura japonesa e o melhor jeito para aprender sobre qualquer coisa é vivenciando e eu quero fazer meu aprendizado em partes, começando com viagens menores até ter segurança e dinheiro suficientes para uma estadia maior. Eu sou muito chata, se é que ninguém percebeu, e quero fazer o meu próprio “pacote” de viagens e começarei pesquisando. A pesquisa desse mês será para lugar que eu pretendo ir, Hokkaido. Os resultados serão apresentados em um resumo básico em forma de post aqui no blog. Não sei se o post será extra ou incluído no challenge semanal vai da criatividade e tempo disponível na semana. O prazo para o post vai ser até o primeiro final de semana do mês seguinte (se for post extra).

 

-Challenge Semestral:

 

*Inglês. Eu tenho as minhas resistências pessoais com o inglês e sou anglo fóbica (olha aí mais um tema para post), mas essa maldita língua é necessária e eu não vou mentir que não fico feliz quando um cliente vai no trabalho e eu consigo entender o que ele fala, trabalhar na Starbucks rende muitos contatos com gringos, ou quando percebo que a legenda ta errada, meu problema é com os métodos de estudo da língua inglesa mesmo, método Matrix de aprendizado faz falta, mas vou me forçar a ler pelo menos dois livros em inglês por semestre. A Melina deu umas dicas ótimas nesse post e eu vou aproveitar um conselho que li em algum site de estudo, que não lembro o nome agora, de ler sobre assuntos do meu interesse, vou abusar da minha carteirinha da biblioteca da Fundação Japão. Eu tenho uns e-books também, apesar de não gostar muito, mas ajuda a não carregar tanta coisa na mochila. Ainda não decidi se vou incluir os livros em inglês na contagem mensal, mas depender do meu tempo disponível, vou analisar isso de coração, sem deixar a preguiça ou minha resistência como guia. Pretendo começar com Etiquette Guide To Japan que como não tem história deve ser mais fácil de ler. Assim que terminar esse penso em qual vai ser o próximo, mas já tenho algumas ideias.

 

*Resumo da Challenge. Seria mais uma análise dos resultados obtidos com os Challenge’s diários, semanais e mensais. Também verei o que não está dando certo e o que pode ser acrescentado, tudo com ajuda da Pryh. Nesse resumo alguns pontos iniciais serão comentados como por exemplo minha evolução de humor, na escrita e as dificuldades e facilidades na minha vida social e cotidiana. Afinal, não preciso de mais coisas para me atrapalhar não é? Também farei revisões sobre as “quantidades” e frequências de cada meta.

 

*Resumo das pesquisas do Intercambio. Resolvi por fazer um resumo separado para as pesquisas do intercambio por ser algo que eu vou “usar” depois e talvez seja útil para mais alguém. Este resumo vai ser apresentado o mais aproximado possível em um plano de viajem. Falarei sobre as dificuldades, os prós e os contra (sob a minha visão), e as coisas interessantes que encontrar.

 

Não sei como tudo vai transcorrer, mas espero que me ajude a melhorar em alguns pontos “defeituosos” da minha vida e colocar em prática coisas que venho adiando fazer.

 

As vezes é preciso desafiar a nós mesmos, no obrigar a fazer o que temos que fazer e de alguma forma sabemos que somos capazes. Pode até ser que dê tudo errado, mas aprendemos alguma coisa, sempre, nem que seja a maneira de como NÃO fazer alguma coisa. Isso soou meio confuso, eu sei.

 

Mas então é isso, se alguém tiver alguma sugestão, dica, conselho, xingamento, apoio deixa aí nos comentários. Se quiserem participar também, deixe um link para contato e vamos nos ajudar e motivar.

 

Foi bom passar o domingo escrevendo esse post que me rendeu quatro páginas do word sem as devidas edições.

 

Vejo vocês semana que vem… beijinhos.

 

SIM, EU POSSO!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s